Como regularizar o CPF na Receita Federal?

Você já parou para se perguntar como regularizar o CPF na Receita Federal? Atualmente, com a ajuda da internet e todos os canais de atendimento criados exclusivamente para essa rede, é possível fazer a regularização de documentos importantes sem precisar sair de casa, ainda mais em período de pandemia.

A Receita Federal deixou disponível um espaço inteiramente voltado para essa regularização, possibilitando a alteração de informações incorretas no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

Nessa área, o usuário poderá alterar, inclusive, o documento que já esteja regular e, também, o que está suspenso temporariamente.

Afinal, o que é o CPF?

cpf irregular

Ainda que seja um nome muito comum, que ouvimos diariamente, nem todas as pessoas sabem, de fato, o que significa “CPF” e qual é a importância que está em torno desse documento.

Ter informações sobre esse assunto é indispensável para acabar evitando problemas futuros relacionados ao próprio nome.

O CPF é um documento que possui uma numeração de 11 dígitos. Por meio dele, é possível identificar todos os contribuintes relacionados ao Imposto de Renda, além de demonstrar que você é, sim, um cidadão.

Quem não possui o documento pode acabar tendo sérios problemas com a justiça.

Qual a serventia do CPF?

Outra coisa que poucas pessoas sabem, além de como regularizar o CPF, é para o que ele serve. Uma de suas principais funções é a de servir como um meio de identificação para os contribuintes do Imposto de Renda.

No ano de 2019, foi obrigatório que os dependentes de qualquer idade portassem o documento.

No entanto, o CPF não serve apenas por esse motivo. Caso você deseje prestar um concurso público, abrir conta no banco, solicitar um empréstimo, fazer financiamentos, ter um cartão de crédito ou, até mesmo, dar entrada na carteira de trabalho, é obrigatório que tenha o documento em mãos.

Como regularizar o CPF na Receita Federal?

Desde o ano de 2020, o Brasil enfrenta uma grave pandemia causada pelo Coronavírus. Pensando nisso, o site da Receita Federal decidiu facilitar a vida de milhões de brasileiros e disponibilizou a regularização do documento por meio virtual.

Sendo assim, basta ter acesso a internet para realizar o procedimento.

Confira o passo a passo para regularizar o CPF

regularizar o CPF
Como regularizar o CPF
  • Primeiro, acesse a página “Meu CPF”;
  • Em seguida, desça na tela até que a aba “serviços em destaque” surja, selecionando uma das caixas disponíveis para dar continuidade;
  • Toque na opção “etapas para a realização desse serviço”;
  • Vá em busca de “canais de prestação” e opte por uma das opções que irão aparecer;
  • Preencha o formulário com todas as informações que forem apresentadas e pressione “enviar” para dar continuidade ao processo;
  • Verifique se os seus dados estão certos e, em seguida, digite o código Captcha que for disponibilizado;
  • Ao final de tudo, sua solicitação estará inteiramente concluída. Dependendo da situação em que o documento se encontra, a plataforma poderá informar os documentos que precisarão ser enviados por e-mail para regularizar a situação. Em outros casos, basta olhar a confirmação e acessar o comprovante.

Quais são as outras maneiras de acessar o CPF pela internet?

Além do método on-line, pelo próprio site da Receita Federal, é possível encontrar outras maneiras de ter acesso ao seu CPF pela internet.

Uma das primeiras maneiras de conseguir esse feito é por meio do aplicativo chamado CPF Digital, disponível tanto para dispositivos Android quanto para iOS.

Além disso, ainda há a possibilidade de utilizar o chatbot da própria Receita Federal por meio do Telegram. Basta baixar o aplicativo e, na região de busca (lupa), digitar “Receita Federal”.

Sendo assim, você conseguirá alterar informações e regularizar a situação do seu documento.

Não há mais cartão de plástico

O antigo cartão de plástico que fazia parte do CPF foi deixado de lado desde o ano de 2011.

Desde essa época, a comprovação do CPF é dada por meio digital, facilitando a vida de muitas pessoas, visto que fica ainda mais difícil perder a documentação de algo tão importante.

Se for necessário, é possível imprimir o comprovante de inscrição do documento por meio da internet. Ele também pode ser emitido e guardado no seu aparelho celular.

Para isso, basta utilizar o aplicativo de Pessoa Física, que está disponível tanto para Android quanto para iOS.

Quem pode se cadastrar para tirar o CPF?

Para finalizar, mais uma dúvida que vai um pouco além de como regularizar o CPF: quem pode ter o documento?

Para aquelas pessoas que não saíram da maternidade com o documento em mãos, é possível seguir alguns passos.

Por meio de agências bancárias é possível emitir o CPF, sendo brasileiro ou estrangeiro. Além disso, entidades conveniadas também realizam a emissão do documento, não tendo nenhum tipo de custo adicional para fazê-lo.

Por fim, o site da Receita Federal também pode ser uma verdadeira ajuda para quem precisa emitir o CPF.

Artigos Relacionados